Das Lutas

Coletivo

Cariocas Über Alles (um presente para as Lutas anti-autoritárias do Rio)

Recebemos essa contribuição artística anônima, bem a calhar para nossa coluna de Resistências Estéticas.

A mensagem é transparente: Aja como ditador, será tratado como ditador.

Divirtam-se e espalhem!


Letra:

Eu sou o governador Sérgio Cabral
Muito cuidado, pois eu tenho o pre-sal
Ainda serei presidente

Meu P2 tá infiltrado
O molotov foi pro lado errado
Querem saber como vai ser na Copa?
Me diz depois, porque eu vou pra Europa
Me diz depois, porque eu vou pra Europa!

Cariocas uber alles!

Voltem pra sua UPP
Amarildo, cadê você?
Erradicaremos a pobreza
Matando pobres, mas que beleza

Ocuparemos as favelas
Com o evangelho de Marcelo Crivella
De lá de cima, uma bela vista
Do império de Eike Batista

Cariocas uber alles!

Sejam bem-vindos a 2016
Controlaremos todos vocês
Esse será o nosso regimento
Sob o controle de Capitão Nascimento

Bomba de gás e efeito imoral
Oposição aqui vai se dar mal
Não se preocupem, é só um choque ordem
Sem mais protestos ou todos morrem

Explodiremos os bueiros
Apagaremos os bombeiros
E se acham pouco, ainda tem mais
Depois de mim, Eduardo Paes
Depois de mim, tem Pezão e Paes!

Cariocas uber alles!

(versão para California Über Alles, composta pela banda punk californiana Dead Kennedys)

Anúncios

4 comentários em “Cariocas Über Alles (um presente para as Lutas anti-autoritárias do Rio)

  1. vieiraeuclidessantana
    7 de agosto de 2013

    Republicou isso em BRAZIL S.A.

  2. marielfernandes
    7 de agosto de 2013

    Independente do que acho (e acho parcial e manipuladora), o clipe é dos bons. E o tema, de arrepiar

    • Editor
      8 de agosto de 2013

      Não duvide. É parcial mesmo. Temos lado. Nosso lado é o das lutas pela autonomia popular. Quando recebemos o vídeo, percebemos que vinha bem a calhar com nosso lado. Mas, você pode ser mais específico sobre o ponto que considera manipulador o clipe, que ficaremos felizes em pensar e debater contigo sobre isso. Abraços.

  3. Paulo Augusto Veiga
    7 de agosto de 2013

    Pela minha ética e estética, o braço direito estendido significa muitas coisas, significa condicionamentos, ‘adestramentos’, significa nazismo. fascismo disfarçado de democracia para proteção da elite de corruptos desgraçados que insistem com sua lógica tola em promover a desgraça da nação. Alguém, um dia, no Brasil, resolveu criar, ‘educar’ e institucionalizar e ‘adestrar’ esse tipo de gente que em relação a essa corja prefiro ser amigo dos bandidos e do meu[s] cachorro[s]. esse tipo de coisa horrenda e mal-formada que manda bala em tudo sem saber aonde vai parar sua bala perdida, tem mais é que ser exterminada. À QUEM INTERESSAR, POSSA>procurem na internet, TEM UMA PETIÇÃO PELA DESMILITARIZAÇÃO DOS DITOS CUJOS!!! MACACADA,O BRASIL É NOSSO E NÃO DOS CORRUPTOS!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 7 de agosto de 2013 por em Resistências Estéticas e marcado , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: