Das Lutas

Coletivo

NOTA DE APOIO AO AVANÇO DA LUTA NO RIO

Sem título

Centenas de milhares de pessoas tem ido às ruas desde junho, em atos, assembleias, aulas públicas, sempre buscando novas formas de organização da cidade e da vida em comum para superar o autoritarismo secular de governos que organizam a segregação e opressão social. A luta será longa, certamente. O corporativismo entre os mesmos privilegiados que ocupam cadeiras nos governos, nas corporações empresariais, nos comandos policiais, e as poucas famílias que dominam a grande imprensa funciona tentando manter seus privilégios sociais e sua concentração econômica através da exploração das múltiplas formas de vida da cidade. É justamente isso o que chamam cinicamente de “ordem” a ser restabelecida: a ordem da opressão que os cidadãos comuns questionam e combatem nas ruas. Esse agenciamento Governo-Estado-Coorporações-Grande Mídia opera sua “ordem” através da normatização afetiva, racista, ideológico-elitista de suas agências de propaganda e da violência de seus braços armados e demais agentes de Estado.

Ativistas, profissionais de educação, de saúde, estudantes, trabalhadores formais e precários de todas as áreas se mantém fortes e se organizam de diversas formas, com diversas táticas de atuação para responder tanto à cotidiana violência de Estado, quanto à repressão violenta da Polícia Militar do Rio de Janeiro.
Na madrugada desta sexta (11.out.2013), a perseguição às lutas emancipatórias contemporâneas tomou uma forma ainda mais ditatorial: 17 mandados judiciais de busca e apreensão foram expedidos, e a Polícia civil deteve em suas casas militantes de movimentos sociais, focando principalmente em militantes de movimentos anarquistas, criminalizando-os por não se deixarem abater na luta pela justiça social.

A desmilitarização da PM é urgente, mas será preciso exigir mais ainda para que cessem com a perseguição a movimentos sociais e políticos. Precisamos de muito mais luta para que a cidade seja para todos. Reforçar, radicalizar, aprofundar a democracia contra as polícias que temos hoje! O Das Lutas se solidariza com todas as companheiras e companheiros perseguidos, e reforça que a luta apenas começou. AMANHÃ VAI SER MAIOR!

Das Lutas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 12 de outubro de 2013 por em Para seguir lutando, Porrada! e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: