Das Lutas

Coletivo

FUNDAMENTALISMOS FASCISTAS: NÃO PASSARÃO

TERRORISMOMucul

Tradução: Em cima – “Se acaso estiver confuso”; embaixo, esquerda: “Este é um terrorista”; embaixo, direita: “Este é um muçulmano”.

Por Luis Carlos de Alencar e Rodrigo Romeiro

Ações e atos violentos praticados tendo como base os fundamentalismos de caráter fascista, independente da origem política, social e religiosa, devem ser prontamente rechaçados e combatidos por aqueles que lutam por uma sociedade livre de opressões. A barbárie fascista não admite tergiversações e ponderações. Assim, caracteriza-se como absurda a enxurrada de argumentos pseudo-radicais que buscam, em última instância, ponderar a morte das 12 (foram 12, e não somente 4) pessoas na Charlie Hebdo.“Se lamento a morte, hei de também considerar e entender (para justificar falta pouco) a ação dos fascistas” – dizem.

Seria curioso ver quem manifesta solidariedade com o fascismo fundamentalista continuar o raciocínio da seguinte forma: “eu também considero e entendo a indignação que leva o fascismo fundamentalista ao controle e violação do corpo da mulher, à morte de homossexuais e de todos não-crentes no Alcorão”.  O crescimento do islamofascismo deve ser combatido como qualquer outro – sobretudo por aqueles e aquelas  que morrem vitimadas pela supremacia branca, pela heteronormatividade e pela dominação masculina, pois a relação não muda diante de uma interpretação fascista da Sharia. E o islamofascismo deve ser combatido também porque ele não representa o povo islâmico e mais: reafirmar  a identidade fundamentalista como a única, ou a hegemônica, a ser associada ao muçulmanismo é racismo também; ainda mais quando com isso se desconsideram séculos de elaboração progressista da Sharia.

A palavra de ordem onde “houver fascistas: NÃO PASSARÃO”, não admite flexibilização. A luta antifascista é uma só e pouco importa a forma como ele se manifesta. Precisamos disputar esse processo, pois esse ato terrorista bárbaro intensificará a forte tendência de perseguição aos islâmicos. A questão islâmica (outrora judaica, na Europa) será combustível para toda sorte de projeto de poder fascista. Sem uma crítica honesta e um rechaço veemente e libertário ao que aconteceu na Charlie Hedbo, as trincheiras de luta serão dominadas pelos fundamentalistas fascistas, tanto da direita europeia, quanto do islamofascismo.

A solidariedade com o povo islâmico pelas perseguições que virão é imprescindível, e por isso mesmo, pra esse ato bárbaro, agora, não há justificativas, nem ponderações.

SOMOS TODXS AHMED!
VIVA A RESISTÊNCIA CURDA CONTRA O AVANÇO DO ESTADO ISLÂMICO!
ABAIXO TODOS OS FASCISMOS!
FASCISTAS, QUAISQUER QUE SEJAM E ONDE ESTEJAM, NÃO PASSARÃO!!!

Um comentário em “FUNDAMENTALISMOS FASCISTAS: NÃO PASSARÃO

  1. Olivier
    25 de junho de 2015

    Há uma evidente instrumentalização dessas milícias e de sua identidade fundamentalista geradas pela diabolização do Outro (nos dois sentidos – ocidente /mundo islâmico). A polarização do mundo no bem e no mal é a mais velha estratégia para ofuscar e velar os conflitos de interesses reais.Há fortes indícios de orquestração desse e de outros atentados terroristas para fins políticos, geopolíticos, econômicos, executados por grupos financiados e armados pelos próprios países europeus. Nada como o terror para manter o status quo e cristalizar frustrações e receios e transformá-los em ódios xenófobos.
    Seria interessante sempre pensar quem se beneficia com o estado atual do mundo: indústria armamentícia, mineradoras e grupos ligados à exploração de recursos energéticos estratégicos… O Islam não é mais xenófobo que outras religiões, o seu mal é ser instrumento de resistência cultural de povos e países com enormes recursos energéticos.
    As interpretações fundamentalistas dos textos religiosos, bem como a negação do Outro, própria do etno e egocentrismo latente do ser humano, já vitimaram vidas e povos demais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 9 de janeiro de 2015 por em Para seguir lutando, Porrada!.
%d blogueiros gostam disto: